Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

 

Fios nervos riscos faíscas.

As côres nascem e morrem

com um impudor violento.

Onde meu vermelho? Virou cinza.

Passou a bôa! Peço a palavra!

Meus amigo todos estão satisfeitos

com a vida dos outros.

Fútil as sorveterias...

Nas praias nú nú nú nú nú.

Tú tú tú tú  tú no meu coracao.

 

 

 

do livro de estreia de Carlos Drummond de Andrade

"Alguma poesia"



publicado por Próximo Futuro às 07:11
link do post | partilhar

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever