Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

 

 

"Pour un monde durable" é a proposta de reflexão que os Encontros de Bamako fazem na edição de 2011.
45 fotógrafos e 10 videastas estão a concurso e demonstram a urgência do tema. A mostra começa dia 1 de Novembro e pode-se saber tudo aqui

"En 2010, un grand nombre de pays africains ont fête le cinquantenaire de leur indépendence. Pour beaucoup cet  événement a été le moment de dresser un bilan des acquis nationaux et de porter un regard critique sur les structures politiques et sociales et sur la répartition des richesses."

 

(Post trazido do blogspot "Ocupações Temporárias", ora espreitem aqui)

 

 



publicado por Próximo Futuro às 10:00
link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

© Pieter Hugo, “Emeka Onu. Enugu, Nigéria”, 2008 (da série "Nollywood").

Cortesia STEVENSON, Cidade do Cabo e Yossi Milo, Nova Iorque 

 

O jovem fotógrafo sul-africano Pieter Hugo (n. 1976, Joanesburgo) foi o grande vencedor do mais importante prémio de fotografia africana - o "Prix Seydou Keïta" - atribuído pelos "Rencontres de Bamako", na edição actualmente em exibição (no Mali, até 1 de Janeiro 2012).

 

Pieter Hugo foi um dos talentos destacados pela exposição "Um Atlas de Acontecimentos", ainda em 2007 (no âmbito do Fórum Cultural "O Estado do Mundo") e assinou a primeira capa do Jornal "Próximo Futuro", em Abril de 2009.

 

No próximo dia 18 de Novembro, às 19h, inaugurará no Théâtre de la Ville a sua mais recente exposição individual, enquadrada nas actividades do Programa Gulbenkian Próximo Futuro em Paris. Fruto de uma parceria com o Théâtre de la Ville e em co-produção com o Programa Gulbenkian de Ajuda ao Desenvolvimento, esta mostra fotográfica é dedicada ao fenómeno "Nollywood" e tem a curadoria de Federica Angelucci e de António Pinto Ribeiro.

 

 

Mais informações no site do Próximo Futuro e/ou através do email proximofuturo@gulbenkian.pt

 



publicado por Próximo Futuro às 10:00
link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 2 de Novembro de 2011

Lien Botha, "Parrot Jungle", 2009 

 

 

Já inaugurou a mais recente edição dos "Rencontres de Bamako" (Encontros de Bamako)! Na sua 9.ª edição o tema geral desta bienal de fotografia é "Por um mundo duradouro" ("Pour un monde durable") e o Programador-Geral do Próximo Futuro, António Pinto Ribeiro, foi convidado a integrar o júri internacional.

 

Les Rencontres de Bamako proposent en 2011 une réflexion sur la quête d’un monde durable, avec la volonté d’esquisser un état des lieux et de prêter une attention particulière aux signes et aux formes de résistances possibles. La forte adhésion au thème proposé n’a fait que confirmer l’engagement social et politique des artistes africains.

Les préoccupations écologiques, jadis limitées à un cercle restreint de visionnaires alertes, font désormais partie de notre quotidien et sont au cœur de tous les débats.

 

Aqui encontram o programa completo desta edição (1 de Novembro de 2011 - 1 de Janeiro de 2012), e aqui a história dos "Encontros" que vêm sendo organizados desde 1994, constituindo a mais importante bienal de fotografia africana.

 

 



publicado por Próximo Futuro às 10:00
link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

 

 

Paris Photo will celebrate its 15th anniversary at the Grand Palais — a major step ahead for the renowned international event.

117 galleries from some 23 countries will present the best of 19th century, modern and contemporary photography in the heart of the French capital. To complete this panorama of worldwide photography, a selection of 18 publishers will have a dedicated space in the fair.

Paris Photo will celebrate African photography from Bamako to Cape Town, unveiling the creative wealth of historic and contemporary African artists.
These exciting developments put forward the new energy that Paris Photo is displaying by reinventing itself. Four programmes will articulate Paris Photo’s new identity: Institutions’ recent photography acquisitions, Private Collection from Artur Walther, Paris Photo conferences Platfotm, focus on the Photography Book and launching of the Paris Photo - Photo Book Prize.


Para saber mais, inclusive sobre os Encontros Fotográficos de Bamako em Paris, depois da sua recente passagem por Lisboa no Programa PRÓXIMO FUTURO, basta navegar até aqui.

 

 



publicado por Próximo Futuro às 09:00
link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

Foto de Guillaume Pazat/kameraphoto para o Jornal i (cf. artigo sobre "Fronteiras") 

 

 

E com o fim-de-semana já próximo, aproveitamos para lembrar que este Domingo, dia 5 de Junho, dia de eleições, realizar-se-á mais uma visita guiada por Lúcia Marques à exposição "Fronteiras" (8.ºs Encontros Fotográficos de Bamako/MALI), no edifício-sede da Gulbenkian, em Lisboa.

 

Sendo um Domingo, dia da semana em que a entrada na exposição é sempre gratuita, apenas terá que levantar o seu bilhete na recepção. A recepção do edifício-sede é também o ponto de encontro para quem vier à visita, que tem início às 15h30 e duração aproximada de 1h, na qual se contextualizará a apresentação inédita em Portugal desta Bienal vinda do Mali, dedicando especial atenção ao papel dos curadores (comissários) e às questões decorrentes da adaptação de uma exposição itinerante.

 

NOVIDADE "fresquinha": o artista Délio Jasse (nascido em Luanda em 1980 e há mais de dez anos a viver em Lisboa), que no próximo dia 16 de Junho inaugurará no Jardim da Gulbenkian (projecto Chapéus-de-Sol), acabou de ser seleccionado para os 9.ºs Encontros Fotográficos de Bamako (abertura prevista para Novembro de 2011, no Mali)!

 

Entretanto... já sairam mais notícias na imprensa sobre as "Fronteiras" vindas de 23 países africanos via Bamako:

 

"Fronteiras, a montra que faz a ponte com África" (Jornal i), por Maria Ramos Silva

"De olhos postos em África" (Time Out), por Miguel Matos

+ "Quem disse que em África não há activismo LGBT?" (Time Out), por Miguel Matos

 

 



publicado por Próximo Futuro às 14:30
link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

Zak Ové, “The Devil is White”, da série «Transfigura» (2004)

 

 

Já a partir do próximo dia 13 de Maio, vai ser possível ver nas galerias de exposições temporárias do edifício-sede da Fundação Calouste Gulbenkian a mostra de fotografias de artistas africanos e afro-americanos que resulta dos 8.ºs Encontros de Bamako: a mais importante bienal de fotografia africana.

 

"São várias dezenas de fotografias e vídeos de 53 fotógrafos, todos eles glosando o tema «Fronteiras». A questão, abordada sob múltiplos ângulos e com o recurso a várias técnicas, não deixa de ser pertinente no mundo globalizado actual, mas surge associada  de forma particular ao sofrimento e à exclusão, à esperança e às utopias de quem vive em África ou faz parte da diáspora africana. Ao contrário do que foi hábito durante muitos anos, com as imagens de africanos e da sua realidade a serem apresentadas por fotógrafos e realizadores não africanos, desta vez há um discurso fotográfico e imagens cuja autoria é daqueles que habitam neste continente ou que a ele regressam por pertença e dessa realidade fazem a sua representação".

 

Os Encontros de Bamako (Rencontres de Bamako) foram criados em 1994, na capital do Mali, por iniciativa da associação “Afrique en Créations" e com o apoio do Governo maliano, sendo dirigidos nessa primeira edição pelos dois fotógrafos franceses Françoise Huguier e Bernard Descamps. Há mais história dos Encontros aqui, onde também se pode ter uma visão antecipada da exposição que foi central nos últimos Encontros e que inaugurará em Lisboa no próximo dia 13 de Maio.

 

Comecem por espreitar os trabalhos de Kader ATTIA (França-Argélia), Lilia BENZID (Tunísia-França), Ali Mohamed OSMAN (Sudão), Zak OVÉ (Trindade e Tobago-Grã-Bretanha), Zineb SEDIRA (Argélia-França), Barthélémy TOGUO (Camarões) e Berry BICKLE (Moçambique-Zimbabwe).

 

As curadoras destes últimos Encontros realizados em 2009 (está neste momento em início de preparação a edição prevista para finais 2011) foram Michket Krifa e Laura Serani e o seu texto de apresentação também já está disponível no Jornal do Próximo Futuro. Estarão presentes na inauguração de dia 13 de Maio (às 22h) e haverá visitas guiadas em datas e horários a divulgar muito em breve.

 

Aqui encontram ainda uma interessante reflexão sobre a edição que aí vem.

 

 

Lúcia Marques



publicado por Próximo Futuro às 10:00
link do post | comentar | partilhar

sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever