Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

 

 

 

Volaron desde La Habana hasta Miami para presentar su película en el festival de cine de Tribeca en Nueva York y nunca llegaron a su destino final. Javier Núñez Florián y Anailín De la Rúa De la Torre sabían mucho antes de embarcar en La Habana rumbo a Florida que desertarían en cuanto pisaran Estados Unidos. Al igual que ocurre en la película que protagonizan, Una noche, ambos jóvenes —20 años hoy, 17 cuando rodaron— solo soñaban con abandonar el régimen castrista para iniciar una vida mejor. "En Cuba no hay futuro", asegura Núñez Florián en una entrevista concedida en la noche del viernes a un programa de televisión de Miami tras una semana en paradero desconocido.

 

Lo que ninguno de los dos jóvenes llegó a imaginar cuando desertaron es que el filme se alzaría en Nueva York con tres premios: a la mejor directora novel (Lucy Mulloy); a la mejor fotografía y al mejor actor, premio que Javier Núñez comparte con su compañero de reparto Dariel Arrechada, 21 años. Arrechada fue el único que estaba presente en Nueva York en la noche del jueves, cuando se anunció el galardón y cuando recogió el premio, que además consta de 2.500 dólares en metálico. "Me gustaría que estuvieran aquí", dijo un Arrechada emocionado. "Espero algún día contactarme con ellos, porque en la película compartimos mucho: el mismo cuarto, los mismos problemas, las mismas situaciones, el mismo guion, las mismas preguntas", confesó Arrechada en una entrevista con la agencia AFP tras obtener el galardón.

 

 

 

 

Continuar a ler no El País.


tags: ,

publicado por Próximo Futuro às 14:37
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

 

"Uma fronteira, todas as fronteiras" (filme de David Pablos Sanchéz)

 

 

Doctv é o primeiro programa de incentivo à produção e teledifusão de documentários ibero-americanos. Surge como uma iniciativa da Conferencia de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica- CACI e da Fundación del Nuevo Cine Latinoamericano. Seu propósito é a realização de Concursos Nacionais de Seleção de projetos de documentário nos países que aderiram ao programa.

 

Inspirado na experiência prévia do Brasil, Doctv é um modelo pioneiro de coprodução, teledifusão e distribuição de documentários, sistematizado a partir do conceito de operação em rede. Seus objetivos fundamentais são: promover o intercâmbio cultural e econômico entre os povos ibero-americanos; a implementação de políticas públicas integradas para promover a produção e teledifusão de documentários nos países da região; e a difusão da produção cultural dos povos ibero-americanos no mercado mundial.

 

A REDE Doctv é uma aliança estratégica das autoridades audiovisuais e de televisão pública, atualmente composta por quinze países latino-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, México, Panamá, Peru, Porto Rico, Uruguai e Venezuela.

As ações relacionadas ao programa são custeadas pelo FUNDO Doctv, implementado pela Secretaria Executiva da Cinematografia Ibero-Americana - SECI e sustentadas pelos países anunciantes e patrocinadores do Programa Doctv que, para a produção de documentários, é complementado com contribuições nacionais.

 

Para saber mais sobre a REDE Doctv, basta navegar até aqui.  

 



publicado por Próximo Futuro às 09:00
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 15 de Junho de 2010

A propósito da libertação do prisioneiro político Ariel Sigler no último sábado, regressemos ao blog Generación Y, da cubana Yoani Sánchez, residente em Havana.


tags:

publicado por Próximo Futuro às 08:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quarta-feira, 7 de Abril de 2010



publicado por Próximo Futuro às 09:22
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Terça-feira, 6 de Abril de 2010

Em viagem a Cuba deve, entre outros possíveis livros, levar-se como obra de leitura A Insustentável Leveza do Ser de Milan Kundera.

Um excerto: " Claro que é necessário que os sentimentos suscitados pelo Kitch possam ser partilhados pelo maior número de pessoas. Assim, o Kitsch não apela para o insólito; apela, isso sim, para algumas imagens-chaves profundamente enraizadas na memória dos homens: a filha ingrata, o pai abandonado, as crianças a correr num relvado, a pátria traída, a recordação do primeiro amor.

O Kitsch faz-nos vir duas lágrimas de emoção aos olhos, uma logo a seguir à outra. A primeira diz: Que coisa bonita, crianças a correr num relvado!

A segunda diz: que coisa bonita, comover-nos como toda a  humanidade se comove quando há crianças a correr num relvado!

Só esta segunda lágrima é que faz com que o Kitsch seja o Kitsch...."

 

apr



publicado por Próximo Futuro às 09:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

 

Considerada pela Revista Time como uma das 100 personalidades mais influentes do mundo, Yoani Sánchez escreve o seu blog a partir de Cuba, Generación Y



publicado por Próximo Futuro às 09:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever