Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Saïdou Dicko (Burkina Faso), Le voleur d’ombres, 2005-2009

 

 

Em véspera de fim-de-semana lembramos que ainda pode ver a exposição "Fronteiras": mostra central dos 8.os Encontros Fotográficos de Bamako, cuja itinerância internacional inclui Portugal pela primeira vez.

Desde a sua inauguração em Lisboa, no âmbito do Programa Gulbenkian PRÓXIMO FUTURO, já foi visitada por 9.187 pessoas.

 

Pode agendar uma visita guiada através do Descobrir, sendo que aos Domingos a entrada na exposição é sempre gratuita.

 

Eis notícia de Miguel Matos sobre estas "Fronteiras":

Veio do Mali e chegou à Gulbenkian a exposição “Fronteiras”: um conjunto de 180 obras em fotografia e vídeo de 53 artistas africanos e afro-americanos, que estiveram representados na última edição dos Encontros de Bamako, produzida em 2009. Segundo António Pinto Ribeiro, comissário do Programa Gulbenkian Próximo Futuro, trata-se da “maior exposição de fotografia africana alguma vez mostrada em Portugal”. E é também uma exposição que nos mostra uma África multifacetada em questões sociais e políticas ou étnicas. (...)

 

Também continuam visitáveis, durante todo o verão, as instalações artísticas de Nandipha Mntambo (ÁFRICA DO SUL) e do colectivo Raqs Media (ÍNDIA), para além das intervenções dos artistas Bárbara Assis Pacheco (PORTUGAL), Délio Jasse (ANGOLA), Isaías Correa (CHILE) e Rachel Korman (BRASIL) nos chapéus-de-sol concebidos pela arquiteta Inês Lobo, também no JARDIM Gulbenkian.

 

Mais informações e contactos, aqui.

 

 



publicado por Próximo Futuro às 14:00
link do post | comentar | partilhar

sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever