Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

Foto de Guillaume Pazat/kameraphoto para o Jornal i (cf. artigo sobre "Fronteiras") 

 

 

E com o fim-de-semana já próximo, aproveitamos para lembrar que este Domingo, dia 5 de Junho, dia de eleições, realizar-se-á mais uma visita guiada por Lúcia Marques à exposição "Fronteiras" (8.ºs Encontros Fotográficos de Bamako/MALI), no edifício-sede da Gulbenkian, em Lisboa.

 

Sendo um Domingo, dia da semana em que a entrada na exposição é sempre gratuita, apenas terá que levantar o seu bilhete na recepção. A recepção do edifício-sede é também o ponto de encontro para quem vier à visita, que tem início às 15h30 e duração aproximada de 1h, na qual se contextualizará a apresentação inédita em Portugal desta Bienal vinda do Mali, dedicando especial atenção ao papel dos curadores (comissários) e às questões decorrentes da adaptação de uma exposição itinerante.

 

NOVIDADE "fresquinha": o artista Délio Jasse (nascido em Luanda em 1980 e há mais de dez anos a viver em Lisboa), que no próximo dia 16 de Junho inaugurará no Jardim da Gulbenkian (projecto Chapéus-de-Sol), acabou de ser seleccionado para os 9.ºs Encontros Fotográficos de Bamako (abertura prevista para Novembro de 2011, no Mali)!

 

Entretanto... já sairam mais notícias na imprensa sobre as "Fronteiras" vindas de 23 países africanos via Bamako:

 

"Fronteiras, a montra que faz a ponte com África" (Jornal i), por Maria Ramos Silva

"De olhos postos em África" (Time Out), por Miguel Matos

+ "Quem disse que em África não há activismo LGBT?" (Time Out), por Miguel Matos

 

 



publicado por Próximo Futuro às 14:30
link do post | comentar | partilhar

sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever