Sexta-feira, 20 de Maio de 2011

 

Artistas do Equador (na foto, no segundo dia de montagem em São Paulo, Brasil), para ver aqui.

 

Huasipichay é uma festa, um encontro, um convite. No mundo andino, o termo (etimologicamente Huasi- casa, Pichay- varrer, ou limpar) é utilizado para celebrar uma abertura: a inauguração e limpeza de uma casa após um processo comunitário ou mutirão.
Uma casa é um lugar de confluência. A unidade básica da cidade, o átomo urbano e também um refúgio pessoal que pode ser compartilhado.
Neste projeto, o conceito de Huasipichay foi adotado como o detonador para um processo de colaboração entre os participantes, a partir de seus universos pessoais. Além disso funciona como método de inter relação pelo qual os diferentes entornos individuais se cruzam e se contaminam. Neste cruzamento se produzem leituras socio-culturais provenientes de duas latitudes diferentes: Uma na altura dos Andes e outra, quase ao nível do oceano Atlântico.

 

Mais sobre o projecto HUASIPICHAY, por aqui.



publicado por Próximo Futuro às 06:30
link do post | comentar | partilhar

sobre
Próximo Futuro é um programa Gulbenkian de Cultura Contemporânea dedicado em particular, mas não exclusivamente, à investigação e criação na Europa, na América Latina e Caraíbas e em África.
Orquestra Estado do Mundo
This text will be replaced by the flash music player.
posts recentes
links
arquivos
tags
subscrever